Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Coaching para Controlo de Peso

um blog para ler e aprender sobre uma ainda mais eficaz gestão de vida e do peso...

Coaching para Controlo de Peso

um blog para ler e aprender sobre uma ainda mais eficaz gestão de vida e do peso...

06
Jul08

Às vezes desesperada, não sabendo o que fazer... como!

Madalena Munõz
Bom dia,

Sou a Sofia, uma ex-cliente sua de Oeiras, estive em 8 sessões consigo, remember me?
 
Fui às sessões porque queria emagrecer... depois de quase um ano, não consegui grande resultado. Mas chegamos à conclusão que o meu problema não era da alimentação, mas algo psicológico.. porque afinal, eu no fundo sei o que faz "bem", o que faz "mal", como devo comer, etc. E então alimento este meu "problema" com comida, está visto!
 
Eu dizia "...quando estiver a morar sozinha vou conseguir...". Só que já faz dois meses que moro sozinha, e nada. Já percebo quando me dizia que é no momento e no agora que se deve fazer aquilo que queremos.
 
Queria perguntar o que acha que devo fazer? Se nutricionista não resolveu o meu problema. O que será que resolve? Se é algo psicológico.
Como posso eu sozinha resolver? Já que com um psicológico tudo dependia da maneira que ela/ele trabalha..
Às vezes fico desesperada, não sabendo o que fazer.. então como.
Muito sinceramente, já veio ao meu pensamento em começar a beber vinho.... mas foi só um pensamento (o que não é lá muito bom, acho eu).
 
Eu penso que fico assim quando quero fazer algo, ou tenho que fazer, e em vez disso não faço nada. Fico parada.
Pois, é tal de agir, acção que podia resolver isso. Eu sei :(
É que eu sei, e mesmo assim não faço aquilo mais certo de que aquilo que eu sei.
 
Não percebo :(
 
Desculpe o desabafo..
 
Beijinhos

Sofia
 
 
RESPOSTA
Querida Sofia
 
Claro que me lembro de si.
 
Agradeço o seu pedido de ajuda e penso que é muito sensato da sua parte. Parabéns.
 
Quem vai resolver o seu problema não é ninguém senão a Sofia. Este seu desabafo é um bom aquecimento para a sua caminhada... Agora terá é de ir andando, descansando, levantar-se e continuar a andar. O caminho faz-se caminhando. Como escreve, já percebeu que fica encalhada nalgum local e não passa a acção : fica parada. Pense: "o que seria preciso para eu avançar?"
 
Os ensinamentos das 8 consultas até que foram ficando (pelo que leio) mas pô-los todos em prática é outra etapa ainda. E isto é mesmo assim! O seu timing até que isso aconteça é... o seu timing! Há que respeitar e aceitar isso, aceitar o seu timing individual para o seu processo de mudança. Enfim, aceitar-se (grande tema o da aceitação...) É suposto acontecer, esta demora entre querer e saber na teoria como mudar, e mudar mesmo.
 
 
É importante que a visão (se saudável, claro) do caminho que quer seguir se mantenha clara na sua cabeça (promover a saúde? tornar-se mais activa? Aumentar o bem estar? A serenidade?). Mas se agora por desespero começa a perder a sua orientação, pode com isso estragar o presente. (Beber para tirar a dor?! Isso é o abandono absoluto: Sinal de alerta!!) Assim o futuro será concerteza longe do desejável.
 
Por outro lado, se em cada momento do seu hoje, aqui e AGORA cuidar bem de si... pode não ficar como seria a sua expectativa (e nesse caso teria de aprender também a não ter muitas expectativas:-)), mas no entanto estará bem mais perto do desejável -- pelo menos teria a certeza que ía fazendo o seu percurso dando o seu melhor. (O seu melhor varia de dia para dia, não esquecer que apenas existe o seu progresso individual, e não existe a perfeição; se pretende a perfeição como condição para ser feliz, desengane-se e get real!).
 
O que significa cuidar bem de si? Acha que precisa de ir ao psicólogo para cuidar bem de si? Se sim, então força -- o que funcionar para si é o melhor caminho para si. Mas até lá tem-se a si mesma! E até lá não coma (nem beba vinho) para lidar com os seus desesperos, pois ao fazer isso tapa os seus sentimentos e deixa de perceber o que precisa fazer para se sentir melhor verdadeiramente. Tal como um alcoólico, abstenha-se e comece já a fabricar o que lhe falta para se sentir mais preenchida e feliz.
 
Faça por exemplo o que já falámos, mas numa versão que, agora, dando nova e redobrada atenção ao assunto, funcione melhor para si.
 
Por exemplo: Delineie novas "mini-metas" realistas e organize-se para que tal aconteça.
Por exemplo:
"Vou caminhar todos os dias (que puder) das 19-19:45 (ou das 19:00 ás 19:10 para começar e se lhe apetecer mais, vai ficando!)" "Vou comer verduras ao almoço e ao jantar (ou sempre que puder)" "Vou levar comigo 2 frutas (ou 3, sempre que puder)" "Ao fim do ano planeio ter menos 5% do meu peso actual e não mais (ou que o conseguir perder)" "Vou fazer 3 sessões com um PT para me dar conhecimentos e embalagem (ou talvez 1 sessão se 3 for caro demais)" "Vou cozinhar pelos menos 1 vez por semana para garantir que tenho sempre sopa (dentro das minhas aptidões)" "Vou-me deitar pelas 23pm nem que ponha um alarme!(e as excepções são ok)" "Vou parar de analisar os porquês das coisas e vou começar a pôr em prática as medidas que me são mais fáceis já (vou viver e experienciar a vida e deixar de me auto psicanalisar, julgar e culpar)" "Todas as coisas difíceis por que passo podem ser grandes lições: vou estar mais atenta a aprender -- o que é que isto me ensina?" 
:-)
 
Pé ante pé... grão a grão... nada de radicalismos ou excessos. Qual é a pressa se esta lhe retira serenidade?
 
Como já deu para entender (nos meus parêntesis), desejo que ao longo do processo você seja gentil e "amor-osa" consigo mesma; que seja tolerante consigo mesma, seja generosa consigo mesma, seja a sua melhor amiga. Estime-se, cuide-se, proteja-se, imponha limites, diga não se for preciso, enfim, respeite-se. Tenha sentido de humor, ria-se ao espelho dos seus pneuzinhos se for caso disso! Enfim, como falámos certamente, desenvolva uma melhor relação consigo mesma, preenchendo-se, e encontrando dentro de si o amor que precisa.
 
Bem haja, querida, pelo seu email.
Coragem e se precisar de mim, já sabe onde me encontrar.
 
 
Madalena Muñoz
Nutricionista
 
Site: www.madalenamunoz.com
Blog: http://consultoriodenutricao.blogs.sapo.pt/
para informação sobre consultas visite sff o blog
telemóvel: +351 93 828 7398

7 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Bem vindos!

Bem vindos ao maravilhoso mundo do coaching!
Coaching é acção acompanhada para rápidos resultados.


Questões sobre Life Coaching e marcação de sessões? Aqui

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D