Bem vindos!

Bem vindos ao maravilhoso mundo do coaching!
Coaching é acção acompanhada para rápidos resultados.


Questões sobre Life Coaching e marcação de sessões? Aqui

Pesquisa

 

TAGS/Temas

vários(344)

coaching(104)

resoluções ano novo(5)

comedores compulsivos anónimos(1)

televisão(1)

todas as tags

Nº Visitas

Quinta-feira, 22 de Março de 2012

Testemunho duma cliente excelente no Planeamento das Refeições

Olá Dr.ª Madalena,

 

Tal como prometido na consulta de seguimento do plano alimentar, cá estou eu a partilhar a minha experiência de planeamento das refeições.

Esta ideia começou quando ainda em casa dos nossos pais, eu e o meu namorado, queríamos fazer o jantar e a tão afamada pergunta surgia
“o que é que queres jantar?”, as mais famosas e irritantes respostas apareciam “qualquer coisa” , “não me apetece nada de especial”,”não sei, escolhe tu”, para quem vai cozinhar estas são as piores respostas,  ou não?

O tempo que demorávamos desde perguntar até pegar na faca e começar a preparar o jantar era imenso, perder mais tempo a pensar no jantar do que propriamente a fazê-lo, não é o objectivo!

 

Assim, decidimos que quando fosse em nossa casa tínhamos que planear as nossas refeições, o que se tornou crucial na nossa vida a dois por causa dos nossos horários (uma trabalhadora - estudante e um trabalhador por turnos). Apesar de haver dois “cozinheiros” em casa, o homem da casa é o cozinheiro principal e, como já achávamos chato pensar os dois juntos o que apetecia para o jantar, nem queríamos saber como seria uma pessoa sozinha ter que decidir isso todos os dias!!

Então, logo na primeira semana de vida a dois, começámos a planear as nossas refeições e como levamos a marmita para o trabalho o almoço é igual ao jantar do dia anterior, assim só temos que planear cinco refeições (obrigatoriamente), no fim-de-semana já nos deixamos ir ao sabor do vento, à excepção do jantar de Domingo porque é também o almoço de segunda-feira.

Sem nos darmos conta os pratos que eram recorrentes e quase “expresso” a fazer, como bife com arroz, massa com carne, foram-se tornando menos frequentes, não porque deixámos de gostar, mas porque introduzimos outros pratos que gostamos (alguns novos) e que só são fazíveis num tempo aceitável para um dia de trabalho, porque já sabemos de antemão o que vamos fazer (não precisamos de pensar) e temos todos os ingredientes em casa.
As idas ao take away que já eram pouco frequentes, diminuíram ainda mais.

 

E com a minha ida ao consultório da Dr.ª Madalena o nosso menu semanal tornou-se mais saudável, com mais legumes, frutas e pratos vegetarianos que até então não constavam da nossa ementa.

Acoplada à ementa semanal, está a lista de compras, fundamental para poupar tempo e dinheiro nas idas semanais ao supermercado,
pois, só compramos os ingredientes necessários às receitas que se vão fazer naquela semana, o que é fundamental no que toca aos perecíveis.

As reacções dos outros ao facto de planearmos as refeições era um misto de: “só vai resultar no 1º mês”; “ já tentei fazer, mas
no dia não apetecia comer o que estava planeado e desisti”;  “vocês cumprem mesmo isto ou é só para enfeitar o frigorífico?”; “isso para mim não serve, não gosto de planear a minha vida”, “há que engraçado, mas para mim não”, “gostava de ser assim, organizada”; “na maioria das semanas consigo planear as refeições”.

As reacções positivas foram menores do que as negativas e indiferentes, mas não há nada como TENTAR e perceber por nós próprios o que se
encaixa no nosso estilo de vida. A falta de tempo não é desculpa, porque planear poupa tempo, agora só perdemos no máximo 30 minutos a planear um mínimo de cinco refeições e não 30 minutos para cada refeição como dantes acontecia.  E isto já funciona há seis meses... :)

Por isso, aconselho a quem quer comer melhor (saudável e variado), com gosto e a poupar tempo e dinheiro que planeie as suas refeições.
E se faltarem ideias para cozinhar há sites, blogs, livros e revistas com receitas óptimas para experimentarmos.

 

Bons planeamentos!!

 

Cristina R.

-----

Excelente testemunho!

Ainda tenho de pensar como vou descarregar aqui o ficheiro do exemplo anexo que a Cristina me enviou, para poderem ver a ferramenta que ela elaborou para o planeamento das refeições e idas às compras!

TAGS/Temas:
Publicado por Madalena Munõz às 14:48
Link | Comentar | Adicionar aos favoritos

Perfil e Contactos

Madalena Muñoz
Life & Wellness Coach.



O meu Perfil aqui

O meu Email coaching@madalenamunoz.com

Posts recentes

Peso Pele Praia Prato: Pr...

Coaching para Emagrecer: ...

É preciso traduzir? É ist...

E mai nada. Fazer tempo p...

Aprenda a identificar o q...

Se nada muda, nada muda.....

Seja livre de escolher!

Não adianta obcecar: é be...

Quanto menos açucar comem...

Mas afinal quem é que man...

Arquivos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

blogs SAPO