Bem vindos!

Bem vindos ao maravilhoso mundo do coaching!
Coaching é acção acompanhada para rápidos resultados.


Questões sobre Life Coaching e marcação de sessões? Aqui

Pesquisa

 

TAGS/Temas

vários(344)

coaching(104)

resoluções ano novo(5)

comedores compulsivos anónimos(1)

televisão(1)

todas as tags

Nº Visitas

Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009

Mudar de Dieta ou de Nutricionista?

Cara Madalena,

 
Sou uma dietista crónica. Meço 1,73m e quer quando pesava 61, quer agora com 85 passo a vida a iniciar dietas que falham, sendo que ganho o peso e o aumento e depois me proponho a uma nova dieta (li isto num post seu daí explicar desta forma).
Já tive pelo menos quatro nutricionistas diferentes, sei de cor a bíblia da alimentação: o que se deve comer, as quantidades, que alimentos são necessários para uma refeição saudável, já decorei vários planos alimentares e, interessada no assunto, já levo uns seis ou sete anos de informação na área.
 
Eu sei o que tenho/ posso comer para perder peso, simplesmente não o consigo fazer, não lido bem com as privações e quando lido, deixo-as de lado mal alguma coisa começa a correr de forma imprevista, ou basta alguma coisa deixar-me demasiado contrariada ou até feliz. Ainda não encontrei um padrão, mas assumo que nunca me vi como os outros me vêem e nunca me aceitei fisicamente.
 
A minha grande questão é: o que é que distingue um bom nutricionista de um mau nutricionista se tudo depende mais da própria pessoa (dos seus problemas, do seu dia-a-dia) que do plano alimentar do nutricionista? Tenho bastante consideração pela profissão, apenas me questiono se a minha relação com as dietas pode mudar com um nutricionista (se sim, porquê?) ou se todos formos à terapia e aprendermos a viver com nós próprios começamos a ser alimentarmente, falando, equilibrados?
 
Muitos parabéns pelas iniciativas, pelo R'equilíbrio!
Agradecendo a atenção,
Melhores cumprimentos,

Isabel.

 

RESPOSTA:

 

Excelente reflexão.
Penso que o final do seu email é o caminho, realmente.
Convém não fazer dieta, e procurar a estabilidade interior que se reflectirá no modo como nos alimentamos (caso isto seja disfuncional, como é o seu caso).
Os nutricionistas que procurou nunca lhe falaram disso, mas sim de comida.
Se nada muda, nada muda.
Posso tentar ajudá-la a ver outra luz ao fundo do túnel, já que sou muito sensível a esta temática que apresenta! Tenho visto muitas melhoras na maioria das pessoas que ajudo, se é que isto lhe dá alguma consolação.
Aqui no blog tem algumas dicas, mas se não chegar, marque uma consulta.
 
Parabéns!
p.s. -- não se culpem os nutricionistas nem ninguém! Há que responsabilizarmo-nos pelas nossas escolhas e comportamentos, na totalidade. E há que mudarmo-nos.

 

Madalena Muñoz

TAGS/Temas:
Publicado por Madalena Munõz às 10:34
Link | Comentar | Adicionar aos favoritos
8 comentários:
De antonio676@hotmail.de a 20 de Fevereiro de 2009 às 13:57
Olá Isabel !
Vou falar-lhe com conhecimento de causa ou seja eu que nao sou muito mais alta também deixei o meu peso subir que nem um balao!Cheguei aos 120kg, como???comecei a comer porque me sentia só, porque nao me sentia amada , porque a vida nao me corria bem , porque queria festejar, porque estava fustrada, porque...enfim um rol enorme...para chegar á conclusao de que se coseguir encontrar a sua paz interior o seu organismo junto com a sua inteligencia á hora de comer farao com que o seu peso muito mais do que o ideal será o pacifico!Para chegar á minha paz tive a preciosa ajuda da Dra Madalena que foi a forca impulsionadora da minha vontade de mudanca...continuamos a nossa caminhada! Boa sorte!
De Madalena Munõz a 27 de Fevereiro de 2009 às 19:37
Olá Alemanha! Eu sei quem você é :)! Ainda bem que existem estas consultas 100% online... as maravilhas da internet! Dou mas também recebo, pois o seu comentário demonstra que há eficácia nas consultas online. Obrigada. Obrigada também pelo seu testemunho porque a mensagem positiva e de esperança que deixa é indispensável aos muitos leitores e leitoras desesperados. Um grande beijinho para si, querida. Um dia destes tem de arranjar um email com o seu nome! Merece :)
Madalena Muñoz
De joana a 14 de Maio de 2009 às 20:46
Consulta online? só podem ser a gozar, isso deve ser para comerem tudo o que lhes apetece e depois visto que não estão cara a cara com o nutricionista aldrabam os valores todos, se a consulta é online voces é que dão peso...etc, e caso nao tenham consciencia isso pode ser grave para a vossa saúde, pois o nutricionista vai adaptando as vossas necessidades nutricionais, logo mentindo, pode fazer-vos bastante mal. e nao acredito que no caso de algumas de voces que ganharam 40 kilos, são sinceras.
De Madalena Munõz a 21 de Maio de 2009 às 15:17
Obrigada pelo seu feedback. Lamento as suas palavras, Joana, pois discordo violentamente com a a sua postura, e lamento ainda mais porque mencionou, num outro comentário, que estuda nutrição e suponho por isso que futuramente será uma colega de profissão. São mentalidades iguais à sua que promovem a ideia da culpa, da vergonha, da desonestidade, e da ilusória posição de controlo e poder que o nutricionista supostamente tem sobre os seus pacientes (versus a de um orientador e membro de equipa). O seu desprezo pelas pessoas com obesidade é também evidente na sua forma de "falar", e espero que isso seja devido à imaturidade inerente à juventude, e que passe, para bem de todos.

Com consideração me despeço,
Madalena Muñoz .
De Sandra Almeida a 26 de Maio de 2009 às 18:48
Eu sou nutricionista e acho incrível esta ideia tão generalizada de que os doentes mentem aos nutricionistas...
Tirando algumas siuações especiais em que o doente vai à consulta por "obrigação" e não por vontade própria, os doentes sabem perfeitamente que mentir ao nutricionista só os vai prejudicar!
O que acontece frequentemente é que os doentes não têm noção daquilo que comem nem dos erros alimentares que cometem, mas isso não é enganar o nutricionista mas sim enganar-se a si próprio. E, para isso, estamos cá nós para os ajudar :)

Eu considero as consultas online uma grande ideia! Parabéns :)
De Maria Helena sa Silva Pinto Barbosa a 22 de Maio de 2009 às 09:35
Concordo inteiramente com a Dr.ª Madalena. Eu tive uma consulta online com a Dr.ª Madalena online e também devido aos mails que trocava com ela ela descobriu o meu "problema".
Parabéns pelo seu empenho, pois muitos problemas surgem devido a uma má alimentação.
Com consideração,
Maria Helena Barbosa
De Janete a 15 de Fevereiro de 2010 às 20:38
Boa noite, li atentamente os comentários e fiquei curiosa com as consultas online. Será que podem esclarecer-me como funciona?
Paga-se alguma quantia ou algo do género?

Obrigado pela atenção!
De Madalena Munõz a 5 de Abril de 2010 às 17:33
Olá Janete
Envie por favor um email para assistente@madalenamunoz.com para receber todas as informações. Obrigada pelo seu interesse nas consultas 100% online!

Comentar post

Perfil e Contactos

Madalena Muñoz
Life & Wellness Coach.



O meu Perfil aqui

O meu Email coaching@madalenamunoz.com

Posts recentes

Peso Pele Praia Prato: Pr...

Coaching para Emagrecer: ...

É preciso traduzir? É ist...

E mai nada. Fazer tempo p...

Aprenda a identificar o q...

Se nada muda, nada muda.....

Seja livre de escolher!

Não adianta obcecar: é be...

Quanto menos açucar comem...

Mas afinal quem é que man...

Arquivos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

blogs SAPO