Bem vindos!

Bem vindos ao maravilhoso mundo do coaching!
Coaching é acção acompanhada para rápidos resultados.


Questões sobre Life Coaching e marcação de sessões? Aqui

Pesquisa

 

TAGS/Temas

vários(344)

coaching(104)

resoluções ano novo(5)

comedores compulsivos anónimos(1)

televisão(1)

todas as tags

Nº Visitas

Segunda-feira, 23 de Junho de 2008

As Dietas para Emagrecer

E porque é que a dieta do leite e banana, a dieta da Sopa, a dieta da seiva, a dieta das cores, etc., enfim, as "dietas", até podem ajudar a emagrecer mas mesmo assim não funcionam?
 
Estamos em plena época de S.O.S perder peso! Cuidado com as tentações. Se parece bom demais para ser verdade, é porque é mentira; mas com a nossa saúde não se brinca.
    Emagrecimento rápido!
        Perca 5 kg numa semana! 30 kg num mês!
            Coma a quantidade que quiser e perca a barriga e ancas e côxas...!
 
Já leu isto em algum lugar?
Todos os anos é a mesma conversa.
 
As Dietas desesperam milhares e abundam aos milhões, fazendo as pessoas gastar fortunas de dinheiro.
 
Mas então porque é que estas dietas e tantas outras ("funcionam" mas...) não funcionam?
 
TAGS/Temas:
Publicado por Madalena Munõz às 19:39
Link | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 20 de Junho de 2008

Perda de peso: Metade verduras/legumes

Dica saudável: Os nossos almoços e jantares seriam mais nutritivos e completos se fossem compostos por metade legumes e verduras, tal como uma grande salada (agora que faz calor). Cuidado com a gordura e molhos adicionados: seja forreta! :-) A outra metade do prato seria irmamente dividida entre peixe e batatinhas, ou frango e arroz, etc.

 

Bom apetite e toca a trincar horticolas para uma boa saúde e ajuda na perda de peso!

 

Madalena Muñoz

www.madalenamunoz.com

93 828 7398

TAGS/Temas:
Publicado por Madalena Munõz às 19:50
Link | Comentar | Adicionar aos favoritos

Novidades + Promoções Consultas de Nutrição

Olá! A partir de Julho, começarei também a dar consultas de nutrição na Clínica de S. Lucas (Lisboa) e na Clínica R´Equilibrius (Oeiras). A R´Equilibrius é uma clínica especializada em fisioterapia do desporto e  com actividades para pré parto, para crianças, etc., um espaço muito moderno e muito fácil para encontrar e estacionar.

Para celebrar vamos dar aos leitores do Blog um desconto de 10 euros na 1ª consulta nestas duas clínicas. (Validade: por definir).

Para marcar: veja aqui ao lado direito todos os contactos. Obrigada.

 

TAGS/Temas:
Publicado por Madalena Munõz às 16:28
Link | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 18 de Junho de 2008

Convite Lançamento Livro José Avillez "Doces sem Açúcar"

Caríssimos,

 

 

Como dei uma ajudinha neste guloso livro, venho convidá-los a assistir à sua apresentação (provar seria melhor, eu já pensei o mesmo :-)!), pois o livro até é muito bom, e o local muito simpático!
 

Apresentação do novo livro de José Avillez "Doces sem Açucar" é lançado no dia 24 de junho, às 18h30, na Fnac Chiado

Até breve,

 
Madalena Muñoz
Nutricionista
Site: www.madalenamunoz.com
Blog:
http://consultoriodenutricao.blogs.sapo.pt/

 

 

TAGS/Temas:
Publicado por Madalena Munõz às 18:22
Link | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 4 de Junho de 2008

"Dietista crónica": Um caso sério

Fazer dietas faz mal! Em particular, o desgaste psicológico é salientado neste relato que aqui lhe apresento. Boa leitura.

 

A mentalidade de dieta é um dos obstáculos mais difíceis de derrubar no processo de ganhar uma atitude saudável para com a comida, mas esta tarefa é das mais cruciais para o sucesso do emagrecimento eficaz e permanente.

Sabendo que quanto mais queremos emagrecer mais nos focamos em comida, vamo-nos afastando cada vez mais do nosso objectivo! Temos de arranjar maneiras de parar de pensar tanto naquilo em que menos queremos pensar: em comida! Posto isto, veja o que aconteceu à Joana e aprenda o que pode fazer por si.


Conheça a dietista crónica
A Joana tem 35 anos e é uma jovem saudável que toda a vida fez dieta. Agora, com 75 quilos e 37% de massa gorda, numa estatura média de 1,60 m de altura, pensa que "mais valia ter estado quieta" quando há dez anos fez uma dieta drástica usando medicamentos selvagens, prescritos por um médico nuestro hermano sem "escrúpullon", pois com 65 quilos "não gostava dos pneuzinhos aqui no meio". Desde então fez inúmeras outras tentativas, e mais recentemente a muito popular "Desgraça 10" (das ervanárias), sem sucesso duradouro e com aumentos de peso ainda maiores finda cada dieta. Decidiu então que almoçaria diariamente num dos muitos supermercados ditos saudáveis, o "Acelareiro" mas quando eu soube o que come lá, não me admirei de não ter emagrecido nada. Almoça maioritariamente vegetariano, um princípio louvável, mas à base de fritos, panados, quiches, empadas e folhados, e no final não dispensa uma sobremesa de soja. Ou seja, finalmente tomou a iniciativa de almoçar num sítio "saudável" (supostamente), e nem isso a ajudou! Compreensivelmente está desesperada, sem saber o que fazer, o que comer, quanto e quando comer. Está até com medo de comer! Contudo, tem excesso de peso e só pensa em emagrecer, e acha que só com dietas e força de vontade vai lá.


1ª consulta comigo (nutricionista): O que gosta de comer?

Pedi à Joana que escrevesse tudo aquilo que gosta de comer. Não foi assim tão simples esta tarefa, porque tinha alguma dificuldade em discernir entre o que gostava mesmo e o que era suposto comer. Passados poucos minutos, pedi-lhe que escrevesse quais os alimentos, dessa lista, que considerava "bons" e "maus". Ela assim fez, apercendo-se que seccionava (mentalmente) a comida e expliquei-lhe como essa divisão lhe era prejudicial, pois quando em dieta só comia dos "bons", e quando parava com a dieta só comia dos "maus". E tinha este comportamento de extremos ironicamente por acreditar que esta divisão lhe era útil e indispensável para o controlo alimentar!

Estava tão enganada quanto todas as pessoas que assim continuam a fazer e que se restringem demais (dos "maus") para depois exagerarem, ao passo que se nunca tivessem havido alimentos "maus" nunca haveria a necessidade de "matar saudades", com o exagero característico de quem reage à restrição.

O seu trabalho de casa: sentir a liberdade da comida. Ou seja, comer consoante uma só lista, a lista que fez em consulta chamada "O que a Joana gosta e pode comer". (A única coisa que é proibido comer é veneno de ratos!)



TAGS/Temas:
Publicado por Madalena Munõz às 18:07
Link | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos

Perfil e Contactos

Madalena Muñoz
Life & Wellness Coach.



O meu Perfil aqui

O meu Email coaching@madalenamunoz.com

Posts recentes

Peso Pele Praia Prato: Pr...

Coaching para Emagrecer: ...

É preciso traduzir? É ist...

E mai nada. Fazer tempo p...

Aprenda a identificar o q...

Se nada muda, nada muda.....

Seja livre de escolher!

Não adianta obcecar: é be...

Quanto menos açucar comem...

Mas afinal quem é que man...

Arquivos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

blogs SAPO