Bem vindos!

Bem vindos ao maravilhoso mundo do coaching!
Coaching é acção acompanhada para rápidos resultados.


Questões sobre Life Coaching e marcação de sessões? Aqui

Pesquisa

 

TAGS/Temas

vários(344)

coaching(104)

resoluções ano novo(5)

comedores compulsivos anónimos(1)

televisão(1)

todas as tags

Nº Visitas

Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2007

"dieto-preocupados" e Feliz Ano Novo

Este texto foi escrito para os "dieto-preocupados", com o objectivo de prevenir certas manias aliadas às promessas de emagrecimento, típicas dum novo ano, e encorajar para se cuidarem.

 
Há certos alimentos e rituais que são parte integrante do estar-se em dieta, e que eu gostaria de desmistificar. A saber:
  1. Bolacha Maria e de Água e Sal
  2. Queijo fresco
  3. Cozidos e Grelhados
  4. Evitar pão/massa/arroz/batata
  5. e... Não misturá-los com o peixe ou carne
  6. Evitar fruta tropical (banana, manga...)
  7. Evitar feijões
  8. Tudo light, tudo magro, tudo sem sacarose (açúcar) e apenas com edulcorante, tudo integral, tudo bio, não beber água às refeições, entre outros...
 
Contudo, isto não emagrece (nem o oposto engorda) necessariamente.
Porquê?
TAGS/Temas:
Publicado por Madalena Munõz às 15:47
Link | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2007

Ler Antes de Fazer Promessas de Ano Novo: Que peso?

Muitas pessoas desejariam ter hoje o peso de há 10, 15 ou 20 anos atrás, peso esse que, sendo bastante inferior ao de hoje, até chegaram a considerar excessivo. Só que hoje mordem-se e chicoteiam-se por o não terem mantido mas perdido, só para mais tarde o encontrarem, e muitas vezes acompanhado... Iniciaram assim uma inimaginável, e por vezes alucinante, viagem pela "feira popular" onde é residente a famosa "montanha russa do peso"!
 
TAGS/Temas:
Publicado por Madalena Munõz às 11:46
Link | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2007

Não assinar tal petição (contra ASAE)

Conversa por email entre 3 primos...:-)

 

Boa prima Madalena, finalmente uma voz esclarecida!

 

Se soubessem o que se passa em 95% das cozinhas dos restaurantes deste país percebíamos o sentido da nova legislação. Esta corrente anti ASAE, baseada num artigo demagógico do A Barreto é uma farsa. A ASAE não tem culpa nenhuma disto. A responsabilidade é do legislador. E a legislação tem uma flexibilidade imensa. Eu conheço-a muitíssimo bem (estou a implementar a norma ISO 22000 no meu estamine). As bolas de Berlim vão continuar a existir…. Por favor não caiam nesta “cantiga do ceguinho” que serve apenas para prolongar a vida dos restaurantes cujas cozinhas estão imersas na mais profunda imundice e que urgem ser seladas com a prisão imediata dos seus donos.

 

Beijinhos do primo Xico

 

 

TAGS/Temas:
Publicado por Madalena Munõz às 18:12
Link | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007

Testemunho de um cliente :-)

Quinta-feira, 23 de Agosto de 2007

Nutricionista: 5ª consulta! Fim de ciclo!

Passados mais ou menos 5 meses, fui à 5ª consulta na nutricionista, ou seja, a última consulta incluída no "pacote" que comprei. Dados mais alguns conselhos sobre algumas coisas que ando a comer e sobre a adequação ou não ao plano, fico agora entregue a mim próprio até achar que o plano precisa de ser revisto, o que até agora não foi preciso. Deixo-vos então, orgulhoso, os resultados do plano alimentar (é sempre bom lembrar que não se trata de uma dieta no sentido restritivo da palavra, e que não passo fome, bem pelo contrário!):

- Menos 14 quilos que na primeira consulta;

- Menos 10cm de cintura;

- O indíce de gordura desceu do nível de obesidade para quase (só falta o quase) normal;

E esta hein? Agora só faltam mais 6 quilos para atingir o peso ideal!

A ver vamos se consigo, mas mesmo que o não consiga, achei muito útil e um dinheiro muito bem empregue na nutricionista. Para além de ter emagrecido como eu queria, acho que os meus hábitos alimentares melhoraram significativamente sem grande (para não dizer nenhum) custo. Aconselho a todos que achem que precisam de ajuda para perder os quilinhos a mais, que vão a um nutricionista, que se for um bom profissional saberá adequar o plano de acordo com as vossas necessidades e gostos. Conheço casos concretos de pessoas que gastam fortunas em soluções "milagrosas" que embora algumas resultem na altura rapidamente voltam ao que estavam e ainda ficam piores.

Para terminar este ciclo que dediquei ao nutricionismo, deixo-vos dois endereços que podem ser úteis:

Madalena Muñoz (Nutricionista)

Consultório de Nutrição

 

sinto-me:  elegante!

 

 

 

TAGS/Temas:
Publicado por Madalena Munõz às 15:39
Link | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2007

Um empurrãozinho...

sou carla tenho 37 anos e tenho dois filhos um com 5 anos e uma menina com 4 meses .na primeira gravides cometi todos os exessos possiveis pois todos me falavam para nao me preocupar pois ao dar de mamar eu voltava ao me peso ou seja iria perder cerca de 35Kg a mais  mas nunca perdi muito pelo contrario com a amamentação engordei mais 10 que so consegui comecar a perder justamente quando fiquei gravida agora.tomei todo o cuidado durante a gravidez pois engravidei com 108kg e quando ela nasceu voltei logo aos 108 kg ou seja nao tinha engordado nada.

Mas com o decorrer do tempo ou seja nesses 4 messes ja engordei 10 kg e estou muito deprimida continuo a dar de mamar mas queria seber como posso dar de mamar sem engordar pois quando começo a fazer dieta perco logo o leite, por outro lado sinto-me mal com meu aspecto e mal me consigo mexer sempre muito cansada so me aptece hibernar para nao ver meu estado o que posso fazer ou o que devo evitar para isso nao continuar preciso de ajuda. fico aguardar a vossa resposta obrigada

TAGS/Temas:
Publicado por Madalena Munõz às 17:23
Link | Comentar | Adicionar aos favoritos

Não sou grande exemplo mas quero um filho "perfeito"

Bom dia O meu filho tem 8 anos, pesa 48kg e mede 1.40m. Penso que estará com peso a mais e também sei que não tem idade para começar com dietas. Em casa tento dar uma alimentação saudável, mas é difícil pois ele não gosta de legumes e não sei o que fazer. Depois quando se apanha fora de casa e vê outras coisas abusa um bocado. Comecei por lhe dizer que nao pode comer tanto, mas acho que ainda é pior. Ele nasceu com quase 5kg e tem sido sempre uma criança cheiinho, mas começo a preocupar-me com o futuro dele. Como devo ajudá-lo e fazer com que ele coma aquilo que diz não gostar e que é o que lhe faz melhor, pois ele come carne e peixe, massas e arroz, mas verdes nao é com ele e frutas só banana é que lhe enche o olho e o peso!!!

 

Depois eu também não sou grande exemplo, também tenho uns kilinhos a mais e gosto de comer. Começamos agora a fazer uma caminhada todos os dias, mas temo que com a chegada do outono não seja assim tão fácil. Obrigado Bjs

 

TAGS/Temas:
Publicado por Madalena Munõz às 16:51
Link | Comentar | Adicionar aos favoritos

Soja, Edamame e digestão

O meu marido ouviu um Médico dizer (creio que na rádio) que o nosso organismo não digere a soja. Algum fundo de verdade?

 

Que o nosso organismo não fique tanto mais saudável quanto mais soja comermos é uma boa hipótese, pois há que esperar por mais estudos para se saber ao certo todas as vantagens e desvantagens da soja. Mas afirmar que não se digere a soja seria o mesmo que dizer que ela entra e sai do nosso organismo tal e qual, o que não é verdade. Se comer uma colher de sobremesa de sementes de linhaça inteiras, aí sim, não as consegue digerir -- poderá constatar isso nas fezes. (A linhaça deve por isso ser moída/triturada para que não sirva apenas de fibra alimentar). A soja, contudo, uma vez consumida, é absorvida e transformada em energia, proteína, e outros factores interessantes para a nossa saúde -- ou seja, é digerida. Dito isto, há alimentos com maior ou menor digestibilidade e biodisponibilidade; e cada pessoa tem maior ou menor capacidade digerir certos alimentos. Eu só não quiz levantar essas questões, porque factores antinutricionais, por exemplo, existem na soja mas também em muitos outros alimentos, e não quiz "alarmar". O álcool, o café e o chá têm factores antinutricionais, mas irá deixar de os consumir?
 
 É que chegaremos à conclusão habitual: Moderação, Equilíbrio e Variedade são fundamentais para uma (vida e) alimentação saudável! Nada como o bom senso.
TAGS/Temas:
Publicado por Madalena Munõz às 16:26
Link | Comentar | Adicionar aos favoritos

Perfil e Contactos

Madalena Muñoz
Life & Wellness Coach.



O meu Perfil aqui

O meu Email coaching@madalenamunoz.com

Posts recentes

Peso Pele Praia Prato: Pr...

Coaching para Emagrecer: ...

É preciso traduzir? É ist...

E mai nada. Fazer tempo p...

Aprenda a identificar o q...

Se nada muda, nada muda.....

Seja livre de escolher!

Não adianta obcecar: é be...

Quanto menos açucar comem...

Mas afinal quem é que man...

Arquivos

Maio 2015

Abril 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

blogs SAPO